Tribal Fusion Intensive Training

2018/2019


Uma oportunidade para estudares Fusão Tribal de uma forma intensiva, estruturada por temas fundamentais deste estilo de dança ao longo de vários meses. 

1x por mês ao Sábado
Aulas intensivas de 3 horas de duração
Outubro 2018 - Junho 2019
9 meses no total
All for Dance, Alfornelos, Lisboa


Pretendemos oferecer um ensino personalizado e o mais completo possível e por isso abrimos apenas 10 vagas para a temporada 2018/2019 de treino intensivo. Damos prioridade aos alunos que pretendam frequentar o curso completo, bem como a disponibilidade e interesse por integrar apresentações do trabalho coreográfico feito no curso. Está prevista pelo menos uma apresentação no final do ano lectivo (Junho e/ou Julho).

Programa detalhado:
Outubro
Foundations
Nesta primeira aula abordaremos elementos basilares à prática deste estilo, relacionados com postura, respiração, posições base de pés, mãos e braços, isolamentos em vários segmentos corporais, contraste entre movimentos rectílineos/bruscos/acentuados e movimentos fluidos e ondulatórios, sem esquecer princípios de preparação física específicos para esta dança, que serão aplicados sempre no início e fim de cada aula ou módulo.

Novembro

Drilling, drilling, drilling
A fusão tribal caracteriza-se por isolamentos precisos, baseados numa consciência muscular apurada que se treina com a repetição. Nesta sessão de drilling intenso vamos suar enquanto treinamos isolamentos com vários padrões, em várias velocidades e cadências para despertar as memórias musculares que serão a base da nossa prática ao longo do ano. Alternando entre isolamentos musculares ondulatórios e rectilíneos e explorando a sua ligação com a música. Será uma aula intensa, cheia de quebra-cabeças mas também com muita energia e diversão. Let's get strong and precise together!

Dezembro

Movement in space
Nesta sessão iremos abordar passos usados para nos deslocarmos no espaço, e como combiná-los com isolamentos e movimentos de braços e mãos, explorando várias combinações e sequências desafiantes.
Janeiro

Expressive and impressive arms

Dominar o movimento dos braços e mãos e interligá-lo com o movimento no resto do corpo é a tarefa mais difícil na Dança Oriental e Fusão Tribal. Na Fusão Tribal a utilização dos braços ganha um destaque muito maior sendo utilizados padrões muito diversificados, adaptados e estilizados ao tema e estilo de cada performance. Uma sessão para praticar muitos padrões de movimento com os braços em simetria, assimetria, com movimentos rápidos e lentos, rectílineos e ondulatórios, em harmonia ou contraste com os isolamentos em várias partes do corpo e movimentação no espaço. Despertando a capacidade de unir o movimento dos braços ao que está a acontecer no resto do corpo, para uma dança expressiva e fluída.

Fevereiro

Crazy layers
A Fusão Tribal é conhecida por movimentos intrincados em que os isolamentos numa parte do corpo acontecem ao mesmo tempo que isolamentos noutras partes do corpo, criando camadas que interpretam diversos elementos na música. Iremos começar a abordar várias combinações de movimentos nesta aula dedicada ao layering, estimulando a nossa capacidade de concentração e foco, bem como a tolerância à frustração, tão importante para quem estuda dança. Se não conseguires à primeira não desistas! Repeat, repeat, repeat!

Março

Musicality and improvisation
A capacidade de ouvir a música e identificar os seus elementos e expressá-los através do movimento é essencial em qualquer tipo de dança. Ao longo de vários exercícios iremos explorar a ligação com a música, aumentando a nossa sensibilidade musical e também a capacidade de responder intuitivamente à música, de forma a aumentar a nossa confiança para improvisar e criar com outros bailarinos.

Abril

Spins and other tricks
Giros e voltas são um apontamento essencial que ajuda a criar dinâmica e a acentuar movimentos importantes da música. Nesta sessão vamos abordar vários tipos de giros e voltas e treinar a capacidade de as ligar com outros movimentos, e ainda explorar outras formas de criar intensidade e ligação com o público numa performance: poses, paragens, explorar o silêncio como parte da dança, expressão corporal e facial. Uma introdução ao trabalho de palco que se segue no curso.

Maio

Choreographic lab I

Junho
Choreographic lab II

Inscreve-te aqui e agarra a tua vaga (pormenores de modalidades de pagamento no formulário de inscrição):https://docs.google.com/forms/d/1Bnx6kEuy-EGiFHQFb9zAMrgdD_vlRtV11JOH80Nr6XU/edit

Informação adicional:

vera.mahsati@gmail.com.